Açúcar de Coco, Adoçantes Naturais, Amêndoa, Avelã, Bolos e Biscoitos, Caju, Carne, Peixe, Marisco e Ovos, Castanha do Pará, Farinha de arroz Integral, Farinha de Côco, Farinha de Trigo-sarraceno, Farinhas, Flocos e Fermentos, Fermento Fresco, Frutas, ingredientes, Inverno, Limão, Manteiga, mel, Noz, Noz Pecan, Óleos e Gorduras Saudáveis, Outono, Ovos, Pinhão, Pistachio, Por Estações do Ano, Psyllium Husk, receitas, Sementes de Abóbora, Sementes e Frutos Secos, Tâmara

Bolo-rainha

Dezembro 1, 2015

Chego a esta altura do ano e a vontade de fazer receitas de Natal é mais forte do que eu. Dou por mim a pensar: “Como é que vou dar a volta aos doces típicos de natal de forma a torná-los mais saudáveis? Como é que os vou fazer usando farinhas integrais sem glúten?” Já para não dizer, “Como é que vou cortar no açúcar?”

O primeiro da lista, e um dos meus preferidos, é o bolo-rainha.

Este bolo é uma versão simples do famoso bolo-rei, pois não leva as frutas cristalizadas. O bolo-rainha também se podia chamar pão doce, pois a sua massa é muito parecida com a massa de pão, leva fermento fresco e também tem que levedar. Talvez por isso, quando já não está fresco, fique tão bom em torradas.

Mas este meu bolo é diferente do original. É feito com farinhas integrais, que o tornam mais denso e lhe dão um sabor mais acentuado, mas igualmente delicioso. A vantagem de o fazermos em casa é podermos recheá-lo com os frutos secos de que mais gostamos.

Ao contrário de outros bolos, e à semelhança de alguns pães, este bolo não é feito numa forma, mas sim moldado com as mãos. Para conseguir fazê-lo (pois não é fácil moldar as massas sem glúten), usei psyllium husk, uma fibra natural que é a casca da semente do Plantago Ovata, uma planta originária da Índia e do Paquistão. Esta fibra solúvel, quando misturada com a água, transforma-se numa goma com uma consistência muito parecida com a do glúten, dando elasticidade à massa e permitindo que a consigamos moldar.

GlutenFree-com-paixao-Bolo-rainha-2


Ingredientes:

  • 200 g / ml de água morna
  • 25 g de fermento fresco sem glúten
  • 15 g de psyllium husk em flocos ou em pó
  • 3 ovos inteiros + 1 gema (para pincelar)
  • 60 g de manteiga sem sal amolecida
  • 5 colheres de sopa de mel
  • 80 g de açúcar de coco / rapadura / mascavado
  • raspas de 1/2 limão
  • 240 g de farinha de arroz integral
  • 200 g de farinha de trigo-sarraceno
  • 10 tâmaras sem caroço, em pedaços muito pequenos
  • 200 g de frutos secos  variados (amêndoas, pistácios, nozes, avelãs…)
  • cerca de 50 g de farinha de trigo-sarraceno para polvilhar antes de levedar
  • frutos secos para decorar
  • farinha de coco para decorar

Sempre que possível, opte por ingredientes biológicos


Preparação:

  1. Num medidor ou numa taça de vidro, coloque a água morna e o fermento e mexa bem, até dissolver.
  2. Junte o psyllium, mexa e deixe ativar durante 12 minutos, sem mexer. Quando terminar o tempo misture tudo com uma colher.
  3. Entretanto, pique grosseiramente os frutos secos sem os transformar em farinha. Reserve.
  4. Numa taça grande, coloque os 3 ovos, a manteiga, o mel, o açúcar e as raspas de limão, e bata com uma batedeira até estar tudo bem ligado.
  5. Adicione as farinhas, a mistura de fermento e psyllium e bata novamente.
  6. Junte os frutos secos e as tâmaras picadas e envolva tudo muito bem.
  7. Forre um tabuleiro de forno com papel vegetal, polvilhe com farinha e deite a massa por cima. A massa está ainda peganhenta, vá polvilhando com a restante farinha de trigo sarraceno e amassando até deixar de pegar e conseguir formar uma bola.
  8. Deixe a massa levedar, tapada com uma toalha, durante cerca de 50 minutos ou até duplicar de tamanho.
  9. Entretanto, pré-aqueça o forno a 180 °C.
  10. Faça um buraco no centro da bola e forme o bolo com as mãos.
  11. Decore com frutos secos e pincele com a gema batida (pode juntar uma colher de sopa de água à gema para ficar mais diluída).
  12. Leve ao forno por 40 minutos, aproximadamente.
  13. No final, polvilhe com farinha de coco.

GlutenFree-com-paixao-Bolo-rainha-1

You Might Also Like

31 Comments

  • Reply Maria João Bacalhau Dezembro 1, 2015 at 4:01 pm

    Olá Sofia,

    E se não encontrarmos o Psyllium? Podemos substituir pela goma de Xantana?
    E o fermento fresco? Pode ser substituido pelo seco?
    Obrigado 😀

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 3, 2015 at 10:20 am

      Olá Maria João, pode encomendar o pslyllium husk online na biosamara.pt (tem o link nas sugestões). Não aconselho a substituir pela goma pois não será tão fácil de moldar o bolo. Eu prefiro utilizar o fermento fresco pois fica mais parecido com o original. Obrigada 🙂

  • Reply filipa Dezembro 1, 2015 at 5:40 pm

    OBAAAA
    BOLO RAINHA!
    ADORO BOLO RAINHA … e ainda por cima mais saudável??!!!Q delícia!

  • Reply Benedita Vasconcellos Dezembro 1, 2015 at 10:30 pm

    Sofia
    Onde posso encontrar o psyllium husk?
    Obg

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 3, 2015 at 10:21 am

      Olá Benedita, encontra o psyllium husk na biosamara.pt (tem o link nas sugestões). 🙂

  • Reply Marta Dezembro 2, 2015 at 11:56 pm

    Boa noite.
    Adorei a alternativa ao tradicional bolo rainha! Mas… onde se encontra o pysillium e qual a sua função nesta receita?
    Obrigada

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 3, 2015 at 10:27 am

      Olá Filipe, nesta receita o psyllium husk vai dar consistência à massa, substituindo o glúten, dando a hipótese de a podermos moldar com as mãos. Encontra na biosamara.pt (tem o link nas sugestões). Obrigada

  • Reply joanna Dezembro 4, 2015 at 10:25 pm

    Genial !!!!

  • Reply Sandra Dezembro 8, 2015 at 9:40 pm

    Olá, Sofia, e o fermento fresco sem gluten, onde posso comprar?

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 12, 2015 at 12:29 pm

      Olá Sandra, encontra o fermento fresco na maioria dos supermercados junto à padaria ou sobremesas frescas. 🙂

      • Reply Iva Outubro 31, 2017 at 1:17 pm

        Aqueles cubinhos de fermento fresco dos hipers são sem glúten?como saber se o são? obrigada

        • Reply Sofia Paixão Novembro 3, 2017 at 5:38 pm

          Olá Iva, confirme sempre no rótulo 🙂

  • Reply David Dezembro 12, 2015 at 7:30 pm

    Olá,

    A minha massa ficou demasiado peganhenta e não consegui modelar. O que poderá ter acontecido?

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 15, 2015 at 5:51 pm

      Olá David, juntou o psyllium? é que nesta receita é muito importante para se conseguir moldar. Se mesmo assim ficou peganhenta, vá polvilhando a massa com farinha de arroz integral até conseguir moldar e fazer uma bola (sem amassar muito). Depois diga se ficou bom. 🙂

  • Reply Bolo rainha | Jackeline Taglieta Dezembro 28, 2015 at 2:58 am

    […] frutas secas no final do ano, mas não quer ver novamente a cara de panetone, rs! Esse bolo é da Gluten Free com Paixão, sem glúten e sem […]

  • Reply Vera Janeiro 6, 2016 at 3:56 pm

    Hoje é dia de reis…mas vou experimentar fazer este bolo que rainha que tem um aspetaço!!!

    No celeiro também vendem psyllium da marca Solgar. 😉

  • Reply Bolo rainha para quem quiser… – deliciosamente belo Fevereiro 19, 2016 at 9:13 am

    […] cozinharia um bolo rei (ou rainha!). Este foi o ano. Inspirada pela Sofia Paixão, depois de ver a sua receita, enchi-me de coragem e tendo em consideração as restrições que agora faço (nada de manteiga e […]

  • Reply clara marques Julho 17, 2017 at 10:26 am

    Olá Sofia
    Como o Natal é sempre que um Homem queira 😄
    Gostava de saber por qual farinha poderei substituir a farinha de arroz? Obrigada

    • Reply Sofia Paixão Julho 17, 2017 at 5:49 pm

      Olá Clara, pode substituir por farinha de aveia sem glúten 🙂

  • Reply Sofia Outubro 27, 2017 at 3:48 pm

    Posso substituir a farinha de arroz por farinha de amendoa ou côco? Ou não terá o mesmo resultado?

    Obrigada!

    • Reply Sofia Paixão Outubro 27, 2017 at 6:48 pm

      Olá Sofia, nesta receita não recomendo que o faça pois o resultado final não será o mesmo. 🙂

  • Reply Isabel Cardoso Novembro 12, 2017 at 10:36 pm

    Ola ☺
    Eu fiz este bolinho hoje e ficou Absolutamente divinal 😘
    Grata por toda a inspiração 😘

    • Reply Sofia Paixão Novembro 12, 2017 at 11:57 pm

      Obrigada Isabel por partilhar! 🙂

  • Reply Isabel Cardoso Novembro 13, 2017 at 2:05 pm

    Obrigada eu 😘
    Coloquei foto do bolinho que fiz numa pagina que sigo, com a devida referência claro ☺
    A página chama se ‘Paleo Descomplicado’ .
    O feedeback tem sido incrivel 😘
    O bolinho é realmente Maravilhoso 💛
    Grata mais uma vez 💛

  • Reply Tânia Alves Novembro 13, 2017 at 11:36 pm

    Boa noite,

    Qual a melhor manteiga que aconselha?
    Quando pede manteiga nunca sei qual devo escolher e acabo por escolher uma que deixa a massa com um sabor forte.
    Ah e já agora, temos mesmo que colocar as tâmaras?
    Obrigada

    • Reply Sofia Paixão Novembro 16, 2017 at 11:02 pm

      Olá Tânia, pode trocar as tâmaras por outro fruto seco doce (passas, ameixas ou figos). Em relação à manteiga existem muitas marcas à venda, aconselho a comprar a mais natural, com menos ingredientes adicionados 🙂

      • Reply Tânia Alves Dezembro 4, 2017 at 10:52 am

        Olá,
        Este fim de semana fiz esta receita, mas achei a massa um pouco massuda. Não sei se a ideia é ser assim ou se o que fiz de diferente na preparação é que tornou o bolo assim.
        Gostaria que me ajudasse para que no Natal ficasse ótimo 🙂

        1º Usei manteiga com sal e esqueci-me de amolecer, pus directamente na taça e bati assim;
        2º Usei farinha de arroz normal, a integral estava esgotada;
        3º O meu fermento seco/fresco (que se compra aos cubos no supermercado) estava estragado, tive usar o pó da royal (2 colheres e meia de sopa);
        4º Juntei o psyllium à água e deixei actuar (como diz na receita), mas passados os 12 minutos não dava para mexer, estava dura a gosma, tive que juntar um pouco mais de água.
        5º Assim que se juntam as farinhas já não consigo bater com a batedeira, tive que usar a mão e não sei se mexi o suficiente;
        6º No forno esteve somente 30 minutos e achei que cozeu demais, da próxima coloco menos ainda.

        O sabor estava lá, mas realmente as pessoas comentaram que a massa estava um pouco seca e que lhe faltava alguma maciez.

        Será que pode ajudar-me a tornar a massa mais macia?

        P.S. A cozinha não é o meu forte, confesso 🙁

        Obrigada :*

        • Reply Sofia Paixão Dezembro 7, 2017 at 12:44 pm

          Olá Tânia, sugiro que repita a receita com os ingredientes certos e que pese os ingredientes numa balança digital com precisão para pequenas quantidades 🙂 O fermento usado na receita é fermento de padeiro e não o de bolos. O psyllium que usou era em pó ou flocos?

          • Tânia Alves Dezembro 11, 2017 at 1:33 pm

            Olá Sofia, obrigada pela ajuda.
            Vou garantir que da próxima vez tenho mesmo todos os ingredientes em casa.
            O psyllium que usei é em pó. Será que devo mexer logo tudo e depois deixar actuar? É que se voltar a ficar como ficou eu não consigo mexer 🙁

  • Reply Maria Dezembro 2, 2017 at 2:35 pm

    Sofia, nao tenho fermento fresco. Não pode ser usado fermento em pó? Obrigada. Queria mesmo fazer agora…

    • Reply Sofia Paixão Dezembro 7, 2017 at 12:38 pm

      Olá Maria, se for em pó tem que ser o fermento seco de padeiro e não o de bolos 🙂

    O seu comentário

    error: Content is protected !!